Siga-nos no Twitter   Siga-nos no Facebook   Siga-nos no Instagram


A ABNT NBR 16475: 2017 - Painéis de parede de concreto pré-moldado - Requisitos e procedimentos, referente ao ABNT/CB-018 Cimento, Concreto e Agregados foi publicada pela Associação Brasileira de Normas Técnicas em 15 de março de 2017. 

A normativa estabelece os requisitos e procedimentos a serem atendidos no projeto, na produção e na montagem de painéis de parede pré-moldados que se enquadram nos critérios de classificação estabelecidos na Seção 5 e foi elaborada pela CE 018:600.019 - Comissão de Estudos de Lajes Alveolares e Painéis Pré-fabricados de Concreto.

Os engenheiros Augusto G. Pedreira de Freitas, conselheiro da ABECE, e Fabricio Tomo, diretor de Pré-Moldados da ABECE, coordenador e secretário da comissão, respectivamente, participaram ativamente de todo o processo de produção da norma.

“É importante salientar que o texto ora publicado é o resultado de muitas reuniões e pesquisas elaboradas pela comissão de estudos. Trabalhamos em sua elaboração com reuniões mensais desde novembro de 2012, concluindo os trabalhos da comissão em abril de 2015 e colocando a norma em consulta pública em 2016”, explica o coordenador.

O sistema de painéis de parede de concreto pré-moldado tem sido muito utilizado no mundo, desde os anos 50 na Alemanha e, no Brasil, desde os anos 70, com uso intensificado com a chegada dos painéis de arquitetônicos nos anos 90.
 
Mesmo sem haver uma norma nacional específica sobre o tema, nos últimos anos, observou-se que a procura por esse sistema construtivo aumentou significativamente, gerando a necessidade de normalizá-lo para que a sociedade fique respaldada quanto à solução.

O projeto define quais as tipologias de painéis que estão abordadas no texto e os critérios para desenvolvimento do sistema construtivo. São diferenciadas as tipologias quanto ao uso, tipo de acabamento, seção transversal e comportamento estrutural, sendo que cada tipologia tem suas restrições e requisitos específicos e critérios de dimensionamento para serem atendidos em todas as suas fases.

O eng. Pedreira de Freitas destaca no projeto os conceitos refinados quanto à segurança estrutural. “Além do coeficiente de segurança definido pelas normas existentes, o texto propõe o uso de coeficiente de ajuste, sendo esse composto por cinco fatores: modos de falha e suas consequências, incertezas quanto aos esforços atuantes, durabilidade, manutenção e processo construtivo”.

Outro ponto importante destacado pelo coordenador, e que talvez seja o mais impactante, é a preocupação com o chamado Colapso Progressivo. “Esse projeto é atualmente o texto que melhor aborda esse tema no âmbito nacional. Com o conceito de amarrações mínimas entre os elementos pré-moldados, as ligações proporcionam integridade estrutural ao sistema, reduzindo, assim, a possibilidade de um eventual colapso progressivo”, ressalta.

Para detalhes sobre a norma publicada ou sua aquisição, basta acessar o endereço www.abnt.org.br/catalogo ou entrar em contato pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e telefones (11) 3017-3610 / 3017-3644 / 3017-3652.

ABECE - Associação Brasileira de Engenharia e Consultoria Estrutural
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1993, conj. 61 - São Paulo - SP - Fone: 11-3938-9400 - Fax: 11-3938-9407 - email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Produzido por www.arteinterativa.com.br