Ligue Agora: 
55 11 3938-9400

Área Restrita do Associado

Notícias

Vem aí uma nova norma para estruturas de aço e mistas de aço e concreto

Depois de intenso trabalho da CE-002:125.003 – Comissão de Estudo de Estruturas de Aço e Mistas de Aço e Concreto, o texto de revisão da NBR 8800:2008 Projeto de estruturas de aço e de estruturas mistas de aço e concreto de edifícios foi enviado recentemente para a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).
Esta Norma, com base no método dos estados-limites, estabelece os requisitos básicos que devem ser obedecidos no projeto à temperatura ambiente de estruturas de aço e de estruturas mistas de aço e concreto de edificações.

A Comissão, reativada em maio de 2021 por solicitação da ABECE, foi coordenada pelo eng. Tomás Vieira, diretor de Estruturas Metálicas da entidade, e teve, como secretário, o professor Zacarias Chamberlain, da UPF (Universidade de Passo Fundo).

Ela deu início aos trabalhos partindo de uma minuta inicialmente preparada por um grupo na ABECE, composto, principalmente, por profissionais e professores que recebeu importantes adesões e contribuições ao longo de sua atuação. Com reuniões frequentes, os avanços foram significativos para a finalização do novo texto que acaba de ser entregue à ABNT.

Mudanças

O secretário da Comissão, Prof. Chamberlain, explica que a NBR 8800 terá mudanças relevantes para o cotidiano dos profissionais que projetam obras em estruturas metálicas e mistas. “Um novo cálculo de seção efetiva na compressão, reorganização que trouxe anexos complementares de largura, espessura e cálculo de cargas de flambagem na compressão, assim como inclusão de seções compostas na compressão, são destaques”, ressalta.

O texto também contempla um novo cálculo do Momento crítico na flambagem lateral com torsão, além da inclusão de seções T e cantoneiras na flexão. Verificação de efeito alavanca e cálculo de placas bases de pilares terão novos procedimentos.

Revisões foram incorporadas aos cálculos na flexão e nas tabelas para fadiga de estruturas de aço, além de terem sido efetuadas mudanças nos limites de flechas.

Próximos Passos

Os analistas da ABNT vão avaliar se o texto entregue da proposta está de acordo com as diretivas da entidade e, se necessário, o devolvem para ajustes à secretaria da Comissão.

Após os ajustes serem concluídos, a ABNT cria uma versão para consulta nacional, que passa para a comissão verificar se está de acordo com as definições propostas. “Estando tudo pronto, a Norma é submetida por 30 dias à consulta pública nacional e nossa expectativa é que isto ocorra já no primeiro semestre de 2023”, comenta o coordenador da Comissão eng. Tomás Vieira.

Para ele, este é mais um importante trabalho realizado pela ABECE que sempre está atenta à necessidade de revisão das normas técnicas existentes e elaboração de novas normalizações que visam garantir a qualidade, segurança e eficiência das edificações.

Últimas Notícias

plugins premium WordPress